Software

Software, base dos sistemas microprocessados. A área de software ganhou grande destaque nos sistemas atuais que são basicamente microprocessados.
Temos basicamente duas divisões firmware e software. O primeiro em geral são rotinas embarcadas em microcontroladores e chips com memória interna como as micro-rotinas das BIOS que são chamados de baixo nível, próximo ao código de máquina e o segundo são os demais softwares considerados de alto nível ou não, que são carregados através de um sistema operacional para ser executado.


Os softwares de alto nível abrangem muitos aplicativos de uso geral, como: sistemas de banco de dados, complicadores, players de vídeo e áudio, planilhas eletrônicas, editores de texto, navegadores de internet, visualizadores de e-mail, aplicativos de FTP, gerenciadores de arquivos, editores de gráficos, etc. Uma gama realmente vasta de aplicativos.
A base para o desenvolvimento desses aplicativos são as várias linguagens de programação, usando como referência a lógica de programação e a engenharia de software. Algumas linguagens comuns que podemos citar são: linguagens C/C++, C# (C-sharp), .NET, ASP, PHP, HTML, PERL, PROLOG, JAVA, PYTHON, DELPHI, LISP, umas são compiladas e outras são interpretadas, umas usadas para desenvolvimento web, outras para IA, mas essas informações serão detalhadas nos itens específicos.

Deixe um comentário